O que é o universo?: Astronomia #2


O que é o universo?

Luz! Vemos os astros através desse veículo que é estudado a anos e que nos apresenta um universo cheio de mistério e beleza. A luz que vem dos astros é uma radiação, desta forma podemos observar o sol, lua e estrelas alguns deste último com os olhos outros com equipamentos sofisticados como lunetas, binóculos e telescópios.

Mas o que é a luz para nós cristão, claramente a luz é Deus! Já se afirmava no sermão da sexagésima do Padre Antonio, que Deus é a luz e que não poderíamos enxergar sem essa luz! E que a falta de verdadeiros cristão não seria por falta da luz de Deus e tão somente pelos pregadores, atual para nosso tempo não?

Essa luz no universo emite diversas ondas, das quais vemos somente uma parte, todas as cores que o universo traz são belíssimas e revelam com certeza o criador!

Intensidade, comprimentos, composições químicas dos astros, movimentos, idades do universo, nascimento e morte das estrelas, interferência da terra, estrela mais próxima da terra, estrela azuis, vermelhas e amarelas, super nova, buraco negro, estrela de nêutrons, pulsares, estrelas menores que dão soluços, estrela anã, nebulosas planetárias e outros não deixem de conferir a este capítulo 2 do Origens.

Clique na imagem para assistir ou vá diretamente no youtube procure: programa Origens Novo Tempo.


 
Imagem canal novo tempo


Se gostou comente, bjs!


Introdução à Investigação Astronômica: Astronomia #1

Programa Origens 3° temporada explora o universo, com um toque de amor de Deus em todo o lugar, o primeiro programa se resume em um diálogo que vemos entre Jó e Deus, segue os capítulos 38 e 39 e não esqueçam de assistir ao vídeo! 

Jó – Capítulo 38

1 Então o Senhor respondeu a Jó do meio da tempestade e disse:
2 Quem é esse que obscurece o meu conselho com palavras sem conhecimento?
3 Prepare-se como simples homem; vou fazer-lhe perguntas, e você me responderá.
4 Onde você estava quando lancei os alicerces da terra? Responda-me, se é que você sabe tanto.
5 Quem marcou os limites das suas dimensões? Talvez você saiba! E quem estendeu sobre ela a linha de medir?
6 E os seus fundamentos, sobre o que foram postos? E quem colocou sua pedra de esquina,
7 enquanto as estrelas matutinas juntas cantavam e todos os anjos[79] se regozijavam?
8 Quem represou o mar pondo-lhe portas, quando ele irrompeu do ventre materno,
9 quando o vesti de nuvens e em densas trevas o envolvi,
10 quando fixei os seus limites e lhe coloquei portas e barreiras,
11 quando eu lhe disse: Até aqui você pode vir, além deste ponto não; aqui faço parar suas ondas orgulhosas?
12 Você já deu ordens à manhã ou mostrou à alvorada o seu lugar,
13 para que ela apanhasse a terra pelas pontas e sacudisse dela os ímpios?
14 A terra toma forma como o barro sob o sinete; e tudo nela se vê como uma veste.
15 Aos ímpios é negada a sua luz, e quebra-se o seu braço levantado.
16 Você já foi até as nascentes do mar, ou já passeou pelas obscuras profundezas do abismo?
17 As portas da morte lhe foram mostradas? Você viu as portas das densas trevas? [80]
18 Você faz ideia de quão imensas são as áreas da terra? Fale-me, se é que você sabe.
19 Como se vai ao lugar onde mora a luz? E onde está a residência das trevas?
20 Poderá você conduzi-las ao lugar que lhes pertence? Conhece o caminho da habitação delas?
21 Talvez você conheça, pois você já tinha nascido! Você já viveu tantos anos!
22 Acaso você entrou nos reservatórios de neve, já viu os depósitos de saraiva,
23 que eu guardo para os períodos de tribulação, para os dias de guerra e de combate?
24 Qual o caminho por onde se repartem os relâmpagos? Onde é que os ventos orientais são distribuídos sobre a terra?
25 Quem é que abre um canal para a chuva torrencial, e um caminho para a tempestade trovejante,
26 para fazer chover na terra em que não vive nenhum homem, no deserto onde não há ninguém,
27 para matar a sede do deserto árido e nele fazer brotar vegetação?
28 Acaso a chuva tem pai? Quem é o pai das gotas de orvalho?
29 De que ventre materno vem o gelo? E quem dá à luz a geada que cai dos céus,
30 quando as águas se tornam duras como pedra e a superfície do abismo se congela?
31 Você pode amarraras lindas[81] Plêiades? Pode afrouxar as cordas do Órion?
32 Pode fazer surgir no tempo certo as constelações[82] ou fazer sair a Ursa[83] com seus filhotes?
33 Você conhece as leis dos céus? Você pode determinar o domínio de Deus[84] sobre a terra?
34 Você é capaz de levantar a voz até as nuvens e cobrir-se com uma inundação?
35 É você que envia os relâmpagos, e eles lhe dizem: “Aqui estamos”?
36 Quem foi que deu sabedoria ao coração e entendimento à mente?
37 Quem é que tem sabedoria para avaliar as nuvens? Quem é capaz de despejar os cântaros de água dos céus,
38 quando o pó se endurece e os torrões de terra aderem uns aos outros?
39 É você que caça a presa para a leoa e satisfaz a fome dos leões,
40 quando se agacham em suas tocas ou ficam à espreita no matagal?
41 Quem dá alimento aos corvos quando os seus filhotes clamam a Deus e vagueiam por falta de comida?

Jó – Capítulo 39
1 Você sabe quando as cabras monteses dão à luz? Você está atento quando a corça tem o seu filhote?
2 Acaso você conta os meses até elas darem à luz? Sabe em que época elas têm as suas crias?
3 Elas se agacham, dão à luz os seus filhotes, e suas dores se vão.
4 Seus filhotes crescem nos campos e ficam fortes; partem, e não voltam mais.
5 Quem pôs em liberdade o jumento selvagem? Quem soltou suas cordas?
6 Eu lhe dei o deserto como lar, o leito seco de lagos salgados como sua morada.
7 Ele se ri da agitação da cidade; não ouve os gritos do tropeiro.
8 Vagueia pelas colinas sem busca de pasto e vai em busca daquilo que é verde.
9 Será que o boi selvagem consentirá em servir você? E em passar a noite ao lado dos cochos do seu curral?
10 Poderá você prendê-lo com arreio na vala? Irá atrás de você arando os vales?
11 Você vai confiar nele, por causa da sua grande força? Vai deixar a cargo dele o trabalho pesado que você tem que fazer?
12 Poderá você estar certo de que ele recolherá o seu trigo e o ajuntará na sua eira?
13 A avestruz bate as asas alegremente. Que se dirá então das asas e da plumagem da cegonha?
14 Ela abandona os ovos no chão e deixa que a areia os aqueça,
15 esquecida de que um pé poderá esmagá-los, que algum animal selvagem poderá pisoteá-los.
16 Ela trata mal os seus filhotes, como se não fossem dela, e não se importa se o seu trabalho é inútil.
17 Isso porque Deus não lhe deu sabedoria nem parcela alguma de bom senso.
18 Contudo, quando estende as penas para correr, ela ri do cavaloe daquele que o cavalga.
19 É você que dá força ao cavaloou veste o seu pescoço com sua crina tremulante?
20 Você o faz saltar como gafanhoto, espalhando terror com o seu orgulhoso resfolegar?
21 Ele escarva com fúria, mostra com prazer a sua força, e sai para enfrentar as armas.
22 Ele ri do medo e nada teme; não recua diante da espada.
23 A aljava balança ao seu lado, com a lança e o dardo flamejantes.
24 Num furor frenético ele devora o chão; não consegue esperar pelo toque da trombeta.
25 Ao ouvi-lo, ele relincha: “Eia!” De longe sente cheiro de combate, o brado de comando e o grito de guerra.
26 É graças à inteligência que você tem que o falcão alça voo e estende as asas rumo ao sul?
27 É por sua ordem, que a águia se eleva e no alto constrói o seu ninho?
28 Um penhasco é sua morada, e ali passa a noite; uma escarpa rochosa é a sua fortaleza.
29 De lá sai ela em busca de alimento; de longe os seus olhos o veem.

30 Seus filhotes bebem sangue, e, onde há mortos, ali ela está.

 Clique na imagem pra assistir!




Se gostou comente, bjs!



Epístolas aos Gálatas 3

Imagem da internet

ü  O livro de Gálata trata muito da lei cerimonial;
ü  Lei Moral, Lei Cerimonial e Lei Civil ou Judicial;
ü  Deuteronômio 28 (bênçãos e maldições) – Josué, Sansão...
ü  Atos 15, a lei se valia até se cumprir a profecia da volta do messias;
ü  A questão da circuncisão: todo homem e animal nascido no oitavo dia era circuncidado, como uma marca, mas também era um coração circuncidado, coração puro, no capitulo 15 eles tentaram mostrar que não é um ponto de salvação, logo mas a frente Paulo pede para que Timóteo seja circuncidado, pois o mesmo iria pregar para Judeus, esse ato seria como um abrir de portas, para que assim fosse mais fácil a pregação e aceitação.
ü  Para o Judeu tinha a circuncisão e para os Gentios o batismo, o que não anulava o batismo para os Judeus, pois o próprio Cristo foi Batizado por João Batista (a prática do batismo começou antes mesmo de João Batista).
ü  Unidade a todo custo? Depende há sempre dois lados, temos que manter o corpo unido até o ponto em que ele está saudável.
ü  Unidade na compreensão para que a mesma seja traduzida em frutos;
ü  Em Gálatas há essa divisão e o que acontece é que cada nação tem varias culturas, se não acabará com os princípios não é valido;
ü  Exemplo de questionar a autoridade, assim como Moises, Jesus e Paulo;
ü  Os gentios não precisavam passar pelo processo de judaização e sim aceitar o amor de Cristo e ser cristão;
ü  Paulo defendia que qualquer coisa que as pessoas fizerem pensando em salvação está errado, tudo deve ser feito de forma livre;
ü  Seria mudado o que fere o evangelho, o que não feria seguiria de forma normal;
ü  Pedro concordava com Paulo, porém para não ferir sua relação com os Judeus ele não tinha uma postura tão certa;
ü  Atos 10 (visão dos animais impuros) que todos são iguais, Pedro batizou Cornélio (romano), não só apenas Pedro, mas Barnabé também se levantava e saia da presença dos Judeus.

ü  Pedro soube ouvir a critica construtiva.


Se gostou comente! Bjs!

Epístolas aos Gálatas 2

Imagem da lição


ü  A carta de Gálatas foi escrita provavelmente depois da 1° viagem de Paulo;
ü  Tessalonicenses na 2° viagem;
ü  Romanos e Coríntios na 3° viagem;
ü  Quando preso ele escreve Efésios, Colossenses, Filemom e Filipenses;
ü  Um ano depois ele escreve 1° Timóteo, Tito e 2° Timóteo;
ü  Hebreus é difícil de definir um autor e datação;
ü  Em todas as outras cartas Paulo escreve elogios e em gálatas não;
ü  (Livro de Atos) Ano 30 morte de Cristo ----- 34/34 morte de Estevão ---- 35/36 Damasco ---- depois da conversão ele foi para Arábia (ensinado por revelação pelo próprio Deus no período de no máximo 1 ano) – Damasco (sinagoga Atos 9:20), e Jerusalém depois de 3 anos (livro de Gálatas);
ü  Gálatas 1:18, em Jerusalém Paulo não foi bem recebido é no caso a primeira visita de Paulo a Jerusalém onde ele encontrou apenas Tiago o irmão de Jesus;
ü  Depois foi levado pelos irmãos a Cesareia (Dois anos sombrios da vida de Paulo quando o mesmo voltou para Tarso, depois de converso. Foi convidado por Barnabé para viajar e evangelizar) e posteriormente a tarso;
ü  Barnabé convida Paulo para evangelizar, eles saem de Tarso e vão para Antioquia da Síria por um ano (existem duas Antioquias) Atos 13;
ü  De Cesareia até Antioquia da Síria se passaram 13 anos;
ü  Os 14 anos finda em Jerusalém depois volta para Antioquia (narrados em Gálatas 2)
ü  Vai para Pafos;
ü  Vai para Pérge (Provavelmente Paulo fica doente aqui);
ü  Depois vai para Antioquia de Visídia;
ü  Ágabo (Atos 11:27-28) profeta prediz grande fome na Judeia
ü  Há divisões Étnicas e politicas;
ü  Depois de Antioquia da Visídia – Icônio – Listra (em Listra Paulo realiza um milagre, o povo o confunde com Deuses Paulo foi dado como Hermes e Barnabé como Zeus, Paulo é apedrejado e dado como morto) – Derbe; (Mapa na bíblia).
ü  Depois vai para Pérge;
ü  Tudo isso a primeira viagem (1 a 2 anos);
ü  A carta aos Gálatas se encaixa provavelmente entre os capítulos 14 e 15 de Atos, antes do concilio de Jerusalém;

ü  Concilio de Jerusalém ano provável 51 d. c 

Epístolas aos gálatas

 Paulo o apóstolos dos Gentios.
Hoje trago a vocês algumas curiosidades sobre a carta que o apóstolo Paulo escreveu para os Gálatas. 

Imagem da internet

ü  Quando foi escrita a carta aos Gálatas? Escrita provavelmente entre 55-60 d. C, endereçada aos Gálatas na Ásia Menor ou ainda Anatólia. Atos 3:9
ü  O que significa o nome Paulo? A interpretação que muitas pessoas dão ao dizer que Saul significa grande e Paulo pequeno é totalmente errada! Na realidade Paulo quer sim dizer pequeno que é um nome Latim e muito comum nome Romano e Saul que em hebraico (Shaul) quer dizer aquele que foi chamado, clamado; que por sinal é o mesmo nome do primeiro rei das 12 tribos.
ü  Paulo era casado? (na bíblia não se tem esse relato!), mas para ser membro do Sinédrio tinha que ser casado e, ele era membro. Ele tinha família Atos 23:16 e Romanos 16:13 (Sobrinha e Mãe).
ü  Como assim cidadão de Roma? Era fariseu (Judeu), acredita – se que em 66 antes de Cristo foi dado por Pompeu um título honorifico de cidadão de Roma, ou seja, cidadão Romano, provavelmente a seu pai ou avó por defenderem a cidade de Tarso de piratas.
ü  Construtor de Tenda? Era comum os fariseus terem duas profissões, ele era também construtor de tendas.
ü  Por que Anatólia ou Ásia menor? Essas duas cidades serviam de ponte da Ásia para a Europa.
ü  Monte Araratt onde segundo a bíblia está a Arca da Aliança.
ü  Em que momento Paulo apareceu na história? A primeira aparição de Paulo foi no apedrejamento de Estevão do qual ele participou.
ü  Hebraico Saulo = Saul, trocou seu nome para Paulo Latim (Atos 3:9) (2 Co 1:19 Silas por Silvano).
ü  Paulo teve algum treinamento militar? Provavelmente sim (por expressões nas cartas).
ü  Como era denominada a origem dos Cristãos? Os seguidores da religião cristã nem sempre foi denominada de cristão seguidores de Cristo era denominado Novo caminho.
ü  Paulo começou a perseguição aos Cristãos por onde? Começou sua perseguição por Damasco (Atos 9:2), por motivo do seu grande comércio. Foi indo para Damasco que ele teve o encontro com Jesus. (Atos 9:4). Atos 9:10.
ü  Como é a relação de autorias e termos de Paulo na bíblia? Praticamente 50% do novo testamento vêm de sua autoria (termos e ideias como: salvação pela graça; expiação da morte de Jesus, divindade messiânica de Jesus).  
ü  Quem é Tecla? Seguidor de Paulo (Saulo) Futuramente terei mais respostas!
ü  Como era provavelmente Paulo? Olhos azuis e aspecto calvo e olhos tantos curvos.
ü  Onde Paulo nasceu? Nasceu na cidade de Tarso na antiga Sílica (Histórico Strabo) pertence à Turquia (Atos 16:37 e Atos 22:27-28). Descendente da tribo de Benjamin, Sul da Judéia – próximo a Jerusalém (Filipenses 3:5).
ü  Como Paulo se tornou membro do sinédrio? Paulo se tornou doutor da Lei e membro do Sinédrio (Seu mestre Gamaliel, Fariseu de uma escola liberal. Atos 5:33, – que não se converteu ao Cristianismo).

Se gostou, comente! Bjs!!


A Grande Catástrofe


Imagem canal youtube origens TV Novo Tempo


Evidências do diluvio é um campo minado pela religião e a ciência, uma afirma esse fato através da bíblia (mesmo não sendo considerada como prova), outra tenta provar por meios cientifico, algo palpável. A questão é que mesmo a bíblia não considerada uma prova ela traz detalhes que hoje a geologia e paleontologia estão dando luz e indo ao encontro do livro mais lido e vendido no mundo.

O programa origens de hoje traz evidencias da grande catástrofe, da grande inundação que é relatada por vários povos. Erosões por exemplo é uma calara evidencia do diluvio, além da própria Pangeia as formações rochosas nos revelam isso.

E o que falar dos dinossauros? Palavra usada pela primeira vez por Richard Owen para definir esses seres que seu significado traz por lagartos terríveis. Grande extinção em massa em tempo único do quais a paleontologia revela seres encontrados em seus mais diversos estados de preservação que só poderiam ter sido assim mantidos por uma grande e rápida inundação com a junção de terra e água. Fosseis de seres e plantas que apresentam ótima durabilidade e estrutura alguns com cores e tecidos conservados.

Imagem canal youtube origens TV Novo Tempo

Os mitemas (a partícula essencial de um mito, irredutível e imutável similar, algo que sempre se encontra dividido com outros) que existem também são grandes provas do acontecimento, em várias regiões do mundo povos relatam experiências semelhantes ao diluvio da bíblia o mais semelhante dele vem do povo chinês que relata uma inundação e nesta um grande navio com 8 pessoas. Outro fato interessante é que antes do diluvio esses a relação desses mitemas são grandes, após o dilúvio não existe mais essa relação de semelhanças.

Devemos lembrar que o foco do diluvio é a salvação e não a destruição, é a limpeza de algo ruim para o crescimento de algo novo, que aliás foi muito bom!



Imagem Canal Origens TV Novo Tempo


Se gostou, comente!